Projeto de extensão promove campanha de doação de computadores para estudantes de baixa renda

Com o objetivo de sensibilizar a sociedade em relação à promoção da inclusão digital e social de estudantes da Ufes que fazem parte do programa de assistência estudantil, o projeto de extensão Solidariedade Digital vai promover uma campanha de doações de equipamentos de informática e de valores em dinheiro. A campanha conta com apoio da Fundação Espírito-Santense de Tecnologia (Fest) e busca envolver tanto pessoas físicas quanto empresas.

As máquinas doadas podem ser entregues diretamente no Laboratório de Adequação de Equipamentos de TI, montado no Centro Tecnológico (CT), no campus de Goiabeiras, ou, em caso de grandes quantidades, a entrega deve ser agendada no Setor de Integração com o Setor Público e Privado da Pró-Reitoria de Extensão (Proex). As doações em dinheiro devem ser feitas mediante depósito em conta da Fest, aberta exclusivamente para esse fim: CNPJ 02.980.103/0001-90, Banco do Brasil (nº 001), agência 4292-7, conta 122.499-9.

Mais informações podem ser obtidas através do e-mail solidariedadedigital [at] ufes.br.

A campanha acontece no momento em que a Ufes se organiza para dar início ao Ensino-Aprendizagem Remoto Temporário e Emergencial (Earte), cujas atividades estão programadas para começar no dia 9 de setembro. Serão mais de 23 mil estudantes de graduação e de pós-graduação presenciais participando do Earte, dos quais 6.798 (quase 30%) estão cadastrados nos programas de assistência estudantil da Universidade. Os programas incluem alunos com renda de até 1,5 salário mínimo, muitas vezes sem condições de acesso adequado à internet.

“No atual cenário do distanciamento social devido à pandemia que vivemos, o não acesso à internet agrava ainda mais a desigualdade social e compromete o nosso desenvolvimento. Prover condições de acesso à informação e a conteúdos acadêmicos por meio da internet aos estudantes universitários colocados na faixa de vulnerabilidade econômica e social se apresenta como prioridade”, analisa o pró-reitor de Extensão, Renato Rodrigues Neto, que coordena o projeto. O pró-reitor lembra que, em algumas universidades, o número de estudantes em vulnerabilidade socioeconômica chega a 90%: “Trata-se de uma questão ampla, que necessita de atenção não somente dos membros da comunidade universitária, mas também de toda a sociedade”.

Manutenção

Além de contar com a participação de professores e de técnicos-administrativos, o projeto terá uma equipe de cerca de 20 estudantes de graduação, de diversos cursos de Engenharia, que vai atuar no laboratório de informática, realizando a verificação e a manutenção dos equipamentos doados, que podem ser tablets, desktops e notebooks novos ou usados, desde que em condições de serem restaurados e reconfigurados para alcançar a configuração desejada. Parte do valor arrecadado das doações em dinheiro será utilizada na compra de peças e acessórios para os aparelhos. “Estamos trabalhando com uma configuração mínima, para que o beneficiário tenha de fato um equipamento que o ajudará. Todas as máquinas serão doadas em pleno funcionamento”, ressalta o coordenador.

Esforço coletivo

Antes da suspensão das atividades presenciais da Ufes, ocorrida em 17 de março, estudantes sem acesso à internet em casa tinham como opção frequentar os laboratórios de informática existentes nos campi da Universidade. Segundo Rodrigues Neto, o fechamento desses espaços devido à imposição do distanciamento social revelou a exclusão digital. “Com o projeto de extensão Solidariedade Digital, pretendemos sensibilizar a comunidade externa para esta questão e complementar outras ações da Universidade neste esforço de inclusão digital para que os estudantes tenham plenas condições de continuarem seus estudos”, conclui. A ideia do coordenador é manter o projeto em fluxo contínuo, mesmo no período pós-pandemia.

Os estudantes beneficiários serão classificados por meio de editais internos da Ufes, publicados pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Cidadania (Proaeci). As três Chamadas de Cadastro incluem editais de graduação, de pós-graduação e de acessibilidade.

Assim que as doações começarem a ser realizadas, a Fest disponibilizará, em seu site, uma página para acompanhamento dos valores arrecadados e para prestação de contas. Mais informações sobre o projeto de extensão estarão disponíveis no site da Proex. Além da Fest, a Proaeci, a Proex, o CT e a Superintendência de Comunicação (Supec) são apoiadores do projeto.

 

Texto: Adriana Damasceno
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 4 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 10 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 17 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Acesso à informação
Transparência Pública
Planejamento e Gerenciamento de Contratações (PGC)
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.