Núcleo de Acessibilidade promove I Semana Pedagógica de 25 a 29 de janeiro

Com o objetivo de partilhar informações e vivências sobre inclusão e acessibilidade, o Núcleo de Acessibilidade da Ufes (Naufes), vinculado à Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Cidadania (Proaeci), promove a sua I Semana Pedagógica de 25 a 29 de janeiro.

O evento, realizado na modalidade virtual, é voltado a docentes, estudantes e técnicos-administrativos envolvidos com as atividades do Naufes. Para os monitores do núcleo, a participação será obrigatória, como forma de cumprimento da frequência referente ao mês de janeiro.

De acordo com os organizadores, a I Semana Pedagógica será um espaço agregador, pensado para desenvolver uma educação social diferenciada, de modo a promover a transformação de valores e perspectivas. Na programação, estão palestras sobre o contexto histórico da educação inclusiva e da acessibilidade; a acessibilidade nos campi da Ufes; gestão da imagem institucional; experiências de aprendizagem e ensino com o público-alvo da educação especial na educação superior; e as atribuições do Naufes no contexto acadêmico.

“Este é um projeto-piloto. Em um primeiro momento, será voltado para os atores que atuam no Núcleo de Acessibilidade da Ufes. Mas, posteriormente, mediante um projeto de extensão, pretendemos estender para toda a comunidade interna e externa”, esclarece Déborah Provetti, coordenadora do Naufes.

Outras informações sobre a Semana Pedagógica podem ser obtidas pelos e-mails: acessibilidade [at] ufes.br e naufes.ufes [at] gmail.com.

Inclusão

Para a coordenadora do Naufes, o núcleo está em constante reflexões sobre a relação da Universidade com a pessoa com deficiência e as ações realizadas para a inclusão de todos.

“A Ufes vem, ao longo dos últimos dez anos, estabelecendo políticas com vistas à acessibilidade e inclusão, a fim de garantir os direitos das pessoas, inclusive das pessoas com deficiência. Formamos pessoas, refletimos sobre estigmas e paradigmas, que podem impactar a própria ressignificação dos comportamentos da sociedade. Temos buscado quebrar barreiras arquitetônicas, atitudinais, metodológicas, comunicacionais. A acessibilidade é um instrumento de inclusão em todas as esferas institucionais”, explica Déborah Provetti.

Apesar dos avanços conquistados na última década, a acessibilidade permanece como um dos desafios institucionais que deverão ser enfrentados pela Ufes nos próximos dez anos, conforme expresso no PDI 2021-2030.

“Precisamos, por exemplo, estabelecer em nossa comunidade uma relação de empatia e escuta com nossos estudantes com deficiência. Um outro desafio é vencer as ideias de capacitismo, que perduram em nossa sociedade. Pois ainda nos deparamos com discriminações no que se refere à capacidade de produção. Há quem acredita que é mais capaz para o trabalho cognitivo, intelectual e criativo quem tem as melhores notas, quem se mostra mais padronizado para a vida acadêmica e social. Quem se mostra diferente disso incorre na invisibilidade e na discriminação”, finaliza.

 

Texto: Camila Fregona

Categoria: 
Destaque
Evento
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 4 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 10 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Acesso à informação
Transparência Pública
Planejamento e Gerenciamento de Contratações (PGC)
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.