Earte+híbrido: pró-reitora de Graduação explica como será o próximo semestre

No próximo semestre letivo, a ser iniciado em 3 de novembro, a Ufes vai ingressar na Fase 3 de seu Plano de Contingência, com a retomada gradativa de algumas atividades de modo presencial. Nas atividades de ensino, algumas disciplinas serão mantidas no modelo de Ensino-Aprendizagem Remoto Temporário e Emergencial (Earte), enquanto outras serão ministradas de forma presencial, o que, até o momento, estava restrito aos cursos da área de saúde.

Conforme definido pelo Conselho Universitário em sessão extraordinária no dia 3 de setembro, serão permitidas atividades em formato híbrido (remoto mais presencial), exclusivamente para a parte prática das disciplinas ofertadas aos estudantes finalistas, a critério dos departamentos.

Em entrevista à TV Ufes, a pró-reitora de Graduação da Ufes, Cláudia Gontijo, deu mais detalhes sobre como funcionará a matrícula para esses estudantes. Clique aqui para assistir à entrevista.

Finalistas

Ela explicou, por exemplo, quais discentes se enquadram no critério de finalistas e poderão participar das atividades híbridas. Segundo a pró-reitora, a Resolução nº 58/2017 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) define como aluno finalista aquele que, para concluir o seu curso, precisa cumprir disciplinas cuja carga horária ele pode realizar em um semestre, conforme previsto no projeto pedagógico do curso.

No entanto, ela orienta que os estudantes procurem os colegiados de seu curso, porque alguns estão flexibilizando a questão da carga horária. “Às vezes, o aluno deve um pouco mais do que o previsto e consegue fazer dentro do semestre, principalmente porque ele vai realizar algumas atividades dentro do Earte. Essa é uma ação importante dos colegiados, porque a nossa meta neste momento é formar os estudantes que, durante o período do Earte, não tiveram algumas disciplinas do curso pela condição da própria pandemia. Nesse momento, o que a gente pretende é que os alunos que ficaram contidos na Universidade possam concluir o curso”.

Matrículas

A pró-reitora falou ainda sobre como será feita a matrícula dos estudantes nas disciplinas híbridas. Para saber quais serão ofertadas no modelo Earte e quais estarão no formato híbrido, Cláudia Gontijo orientou que os discentes busquem a listagem das disciplinas por meio das secretarias dos colegiados de curso.

Ela afirmou que, para garantir que os estudantes finalistas possam cursar as disciplinas que precisam para concluir o curso, a matrícula será feita em duas etapas. “Nós vamos adotar a seguinte medida: vamos realizar a matrícula na primeira etapa das disciplinas que forem ofertadas e que não envolvam diretamente alunos finalistas. Após o processamento da matrícula em primeira etapa, nós vamos reabrir o sistema para que os departamentos tramitem as disciplinas dos estudantes finalistas e os colegiados de curso façam a matrícula manualmente. As coordenações de curso vão fazer as matrículas dos estudantes finalistas, garantindo que eles tenham vagas nas disciplinas que os alunos precisam concluir. As disciplinas que serão ofertadas para esses estudantes serão tramitadas após a realização da primeira etapa da matrícula”, explicou.

Adequações

A pró-reitora afirmou que a Universidade já vem se preparando para ampliar a retomada gradual e segura das atividades de ensino, desde a construção dos planos de Contingência e de Biossegurança e, mais recentemente, com a construção de diretrizes para um retorno seguro. Agora, novas medidas estão sendo adotadas: “A Universidade está adequando espaços com, por exemplo, a mudança de torneiras, abertura de janelas, colocação de dispensers com álcool em gel e organização do espaço para garantir distanciamento”, disse.

Ela destacou, ainda, que será obrigatório o uso de máscaras na Ufes e haverá cartazes de conscientização sobre comportamentos necessários para este momento de pandemia. “Se a infraestrutura precisa ser adequada, também é preciso, por parte de cada um de nós, assumir determinadas atitudes que protejam a nós mesmos, que protejam toda a comunidade naquele momento em que estamos ali, por exemplo, num laboratório, numa sala de trabalho”, afirmou.

 

Texto: Thereza Marinho
Entrevista – TV Ufes: Camila Fregona

 

Categoria: 
Destaque
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 4 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Acesso à informação
Transparência Pública
Planejamento e Gerenciamento de Contratações (PGC)
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.