Conselho Universitário aprova atividades em formato híbrido a partir de novembro

Em sessão extraordinária realizada nesta sexta-feira, 3, o Conselho Universitário aprovou por maioria o parecer da Comissão de Legislação e Normas, favorável à migração para a Fase 3 do Plano de Contingência da Ufes, em que são permitidas atividades em formato híbrido (remoto mais presencial), a partir do segundo semestre letivo de 2021 (semestre 2021/2), exclusivamente para a parte prática das disciplinas ofertadas aos estudantes finalistas, a critério dos departamentos.

O Conselho também aprovou que as atividades administrativas presenciais serão somente aquelas indispensáveis ao apoio e ao funcionamento das atividades didáticas práticas. Não se incluem nessas atividades os servidores, professores ou técnicos administrativos, que pertencem aos grupos de risco. Clique aqui para ler a decisão na íntegra. O semestre letivo 2021/2 terá início no dia 3 de novembro deste ano

O avanço para a Fase 3, tanto para as atividades de ensino quanto para as atividades administrativas dependerá de que seja mantida a recomendação do Comitê Operativo de Emergência para o Coronavírus da Ufes (COE-Ufes) de avanço da Fase 2 para a Fase 3. O COE-Ufes é um órgão consultivo da Universidade para as questões relacionadas à pandemia de coronavírus. Ele analisa quinzenalmente o panorama epidemiológico da covid-19 no Espírito Santo para a comunidade da Ufes e publica em boletim sua recomendação quanto à migração ou não de fases previstas no Plano de Contingência.

Retomada gradual e segura

O reitor Paulo Vargas disse que “a decisão do Conselho Universitário de adoção da Fase 3 do Plano de Contingência é mais um passo para ampliar a retomada gradual e segura das atividades de ensino que, até o momento, estavam restritas aos cursos da área de saúde. A decisão permitirá aos estudantes finalistas de graduação, que precisam cursar disciplinas com atividades práticas, poder se encaminhar para a conclusão dos seus cursos. Continuaremos monitorando o desenvolvimento da pandemia, dando sequência à implantação de condições de infraestrutura e incentivando a universalização da vacina para que em breve possamos dar novos passos em direção à retomada mais ampla”. 

O reitor explicou ainda que, com o início do Fase 3 do Plano de Contingência, a partir de 3 de novembro, os Restaurantes Universitários (RUs) retomam seu funcionamento, fornecendo refeições pré-acondicionadas (marmitas) que poderão ser consumidas nas instalações do RU ou em local escolhido pelo usuário. Os restaurantes estão preparados para receber os estudantes em condições de segurança, de acordo com os padrões de recomendação do Plano de Biossegurança da Ufes.

Paulo Vargas destacou que essa é uma ação importante de apoio aos estudantes, a fim de que possam dar continuidade ao seu processo educacional. Ele também ressaltou que, nessa mesma direção, a Ufes abriu nesta semana editais para a inclusão de estudantes que estavam em lista de espera e para aqueles que ingressaram pelo sistema de reserva de vagas que ainda não tinham participado de seleção para o programa de assistência estudantil da Ufes.

 

 

Categoria: 
Destaque
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 3 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 4 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Acesso à informação
Transparência Pública
Planejamento e Gerenciamento de Contratações (PGC)
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.