Seminário discute sobre produções audiovisuais voltadas para a música no ES

Em busca de qual é o lugar do videoclipe musical produzido no Espírito Santo e para saber se há espaço para esse produto no mercado, artistas, professores e intelectuais participam do seminário O Lugar do Videoclipe do Espírito Santo. Totalmente on-line, o debate será realizado entre os dias 25 e 27 de maio. Dentre os convidados, estão os professores da Ufes Daniela Zanetti e Edgard Rebouças, ambos do Departamento de Comunicação Social; e Jorge Nascimento, do Departamento de Línguas e Letras.

A proposta é estruturar e tornar possível o debate acerca das produções audiovisuais voltadas para a música no Espírito Santo por meio de um seminário com palestras de pesquisadores durante três dias em sessões remotas exibidas ao vivo e de forma gratuita pelo Facebook, pelo YouTube e pelo Instagram da produtora Panela Audiovisual, que realiza o evento com patrocínio da Lei Aldir Blanc e da Secretaria de Estado da Cultura (Secult).

“Atualmente o videoclipe é um dos principais suportes de divulgação do trabalho de um artista ou banda nas redes sociais. São produzidos dezenas de vídeos do tipo todos os anos, mas os mesmos não encontram espaço suficiente para a quantidade e qualidade dessas obras serem apreciadas e valorizadas”, relata o idealizador do seminário, o jornalista e radialista Luiz Eduardo Neves, conhecido como Dudu News.

Ele aponta que há uma lacuna no debate sobre o mercado cultural capixaba de audiovisual voltado para a música e afirma que a ideia é começar a suprir essa necessidade com o seminário.

Pesquisas recentes oriundas do campo dos Sound Studies – Estudos de Som – têm colaborado decisivamente para desnaturalizar a relação som-imagem, analisando em profundidade o papel das tecnologias sonoras dentro da cultura audiovisual. Da mesma forma, no campo específico dos estudos de cinema, ideias anteriores sobre a preponderância das imagens sobre os sons vêm sendo substituídas por um entendimento mais claro sobre os papéis do som nos filmes.

“O seminário O Lugar do Videoclipe do Espírito Santo pretende introduzir entre nós esta temática ainda pouco abordada no Brasil, a partir do ponto de vista de pesquisadores nacionais e locais reunidos para discutir as diversas formas de articulação do universo da cultura sonora e musical com o universo das imagens”, completou Dudu News.

Mais informações sobre o seminário estão disponíveis nos perfis da produtora Panela Audiovisual no Facebook, no Instagram e no YouTube.

 

Confira a programação:

Dia 25/05 – terça-feira

19h - Mesa I: Raça e gênero da canção no videoclipe

Palestrantes: Jorge Nascimento (Ufes), Luciana Xavier (UFABC) e Ariane Holzbach (Gama Filho/UFF)

Moderação: Luiz Eduardo Neves

21h - Apresentação cultural (live) – 15 no Pente

 

Dia 26/05 – quarta-feira

19h - Mesa II: Videoclipe nas redes: o mercado da música e a ecologia digital

Palestrantes: Simone Pereira de Sá (UFF) e Edgard Rebouças (Ufes)

Moderação: Luiz Eduardo Neves

21h - Apresentação cultural (live) – Manfredo

 

Dia 27/05 – quinta-feira

19h – Mesa III: Regionalismos e territorialidades: aspectos locais e culturais do videoclipe

Palestrantes: Thiago Soares (UFPE), Daniela Zanetti (Ufes) e Jeder Janotti (UFPE)

Moderação: Luiz Eduardo Neves

21h – Apresentação Cultural (live) – Bella Nogueira

 

Perfil dos palestrantes

Jorge Nascimento - professor do Departamento de Línguas e Letras (desde 1993) e do Programa de Pós-Graduação em Letras da Ufes (desde 2001), atua na área de Literaturas Hispânica e Brasileira. Nos últimos anos vem desenvolvendo pesquisas e orientação de trabalhos nas áreas de literatura marginal e RAP. Tem poemas incluídos na Antologia Instantâneo, editada pela Secult em 2005. É roteirista e diretor do curta Trinta e três trinta e um. Tem vários artigos publicados em revistas e periódicos.  Durante dois anos escreveu para o Jornal Metro - Grande Vitória e os textos foram compilados no livro Visagens, lançado em 2018 pela Editora Cousa. No prelo está um livro sobre a urbanidade em contos de Julio Cortázar.

Jeder Janotti Jr. - pesquisador do CNPq, professor titular do Departamento de Comunicação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), docente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFPE, headbanger e apaixonado por narrativas de aconchegos. É autor do romance Levedação (Titivillus, 2018) e dos livros Gêneros Musicais em Ambientações Digitais (Selo PPGCOM/UFMG, 2020), O Videoclipe na Era Pós-Televisiva (coautoria com João André Alcântara, Appris, 2018), Rock me Like The Devil (Livrinho de Papel Finíssimo, 2014), Heavy Metal com Dendê (E-Papers, 2004) e Aumenta Que Isso Aí é Rock and Roll (E-Papers, 2003).

Daniela Zanetti - doutora em Comunicação e Cultura Contemporâneas, é professora do curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), onde coordena o grupo de pesquisas Cultura Audiovisual e Tecnologia (CAT). É autora do e-book O cinema da periferia: narrativas do cotidiano, visibilidade e reconhecimento social (Edufba) e co-organizadora de Comunicação e territorialidades: poder e cultura, redes e mídias (Edufes). Possui diversos artigos sobre cultura audiovisual publicados em revistas acadêmicas.

Edgard Rebouças - doutor em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo, é professor do curso de Jornalismo da Ufes, é coordenador do Observatório da Mídia, diretor de Relações Internacionais da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), membro do Conselho Estadual de Ética Pública do Estado do Espírito Santo, coordenador de Pesquisa da Rede Nacional de Combate à Desinformação (RNCD) e pesquisador visitante na Universidade do Quebec, em Montreal.

Luciana Xavier de Oliveira - docente do Bacharelado em Ciências e Humanidades e do Planejamento Territorial da Universidade Federal do ABC (São Bernardo do Campo, São Paulo), é doutora em Comunicação Social pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense (UFF). Foi ganhadora do prêmio Compós 2017 de melhor tese de doutorado e autora do livro A cena musical da Black Rio: estilos e mediações nos bailes soul dos anos 1970 (Edufba, 2018). Atua principalmente nas áreas de Estudos Étnico-Raciais, Música Popular, Estudos Culturais, Gênero, Mídia e Comunicação.

Thiago Soares - é professor e pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e do Departamento de Comunicação (Decom) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), coordenador do Grupo de Pesquisa em Comunicação, Música e Cultura Pop (GruPOP) e autor dos livros A Estética do Videoclipe, Videoclipe - O Elogio da Desarmonia e organizador de Divas Pop: O corpo-som das cantoras na Cultura Midiática. Bolsista Produtividade em Pesquisa nível 2 do CNPq.

Ariane Holzbach - é professora adjunta de Estudos de Mídia e membro efetivo do Programa de Pós-Graduação da UFF. Doutora e mestre em comunicação pelo PPGCOM/UFF, com doutorado-sanduíche pela McGill University. Desenvolve pesquisa sobre audiovisual e novas mídias, entretenimento, estudos de televisão e audiovisual infantil. É autora de A Invenção do videoclipe: a história por trás da consolidação de um gênero audiovisual (Appris) e organizadora, ao lado de Mayka Castellano, de TeleVisões: Reflexões para Além da TV (E-Papers). 

Simone Pereira de Sá - é professora titular da UFF, onde atua como docente no curso de Estudos de Mídia e no Programa de Pós-Graduação em Comunicação. Foi professora visitante do King's College, London, U.K. (2015/2016) e da McGill University, Montreal (2008). É coordenadora do Laboratório de Pesquisa em Culturas e Tecnologias, onde desenvolve e coordena pesquisas sobre música, cultura pop, fãs e audiovisualidades digitais. É autora de inúmeros livros, capítulos e artigos sobre estas temáticas e seu último livro, sendo lançado em 2021, intitula-se: Música Pop-Periférica: videoclipes, performances e tretas na cultura digital (Appris, 2021).

 

Com informações da assessoria do evento
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Evento
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 4 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Acesso à informação
Transparência Pública
Planejamento e Gerenciamento de Contratações (PGC)
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.