Número de cursos de doutorado da Ufes cresce 400% em dez anos

A oferta de cursos de pós-graduação stricto sensu na Ufes, que compreendem programas de mestrado e de doutorado, registrou crescimento superior a 100% e a 400%, respectivamente, nos últimos dez anos. O número de cursos de mestrado passou de 30 para 63 e o de doutorado de 8 para 30, segundo levantamento feito pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG). Assim, a Ufes é uma das 21 instituições de ensino superior no Brasil que possui mais de 50 programas de pós-graduação (PPGs).

Anualmente, são abertas cerca de 1.200 vagas nesses cursos para novos alunos. De acordo com os dados da PRPPG, a Universidade tem 4.549 estudantes matriculados, sendo 2.218 nos cursos de mestrado, 534 no mestrado profissional, 1.297 no doutorado, além da especialização lato sensu, que possui 500 matriculados. 

“A Ufes é responsável por 76% dos programas de mestrado do Espírito Santo e por 91% dos cursos de doutorado”, afirma o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Valdemar Lacerda Jr. Em 2019, foram 2.012 estudantes de pós-graduação diplomados. 

Política de incentivo

Lacerda Jr. atribui essa evolução a uma política de incentivo à pesquisa adotada na Universidade. “A primeira fase foi a expansão, com a criação de novos programas de pós-graduação nas diversas áreas de conhecimento. Em 2013, criamos o Programa de Melhoria da Pós-Graduação (Propos), com o objetivo de melhorar gradualmente o conceito Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) dos PPGs. A ideia central era a implantação de um planejamento estratégico em cada programa de mestrado e de doutorado, o que implicou a revisão de currículos, critérios de credenciamento de docentes, tempo de titulação, oferta de vagas, produção discente e demais políticas acadêmicas e estratégias de ação com base nos critérios de avaliação da Capes. Estabelecemos um plano de ações para melhorar os indicadores dos PPGs, objetivando a gradual melhoria do conceito Capes”, explica.

Segundo o pró-reitor, na atual fase da busca permanente por excelência, além do crescimento dos programas com nota 5 na avaliação da Capes, na Quadrienal 2017, oito PPGs passaram do conceito 3 para conceito 4. “Dessa forma, os programas com conceito 4 e 5 já representam a maioria dos cursos da instituição (58%), indicando a consolidação da pesquisa e da pós-graduação na Ufes”, afirma.

 

Texto: Sueli de Freitas
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
Essa é uma ação da Ufes relacionada ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 4 da Organização das Nações Unidas. Clique e veja outras ações.
Acesso à informação
Transparência Pública
Planejamento e Gerenciamento de Contratações (PGC)
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.