Ufes inicia pesquisa com professores para elaboração de Plano de Contingência

Após iniciar uma pesquisa com estudantes de graduação e de pós-graduação, a Ufes começou nesta sexta-feira, 8, uma enquete com professores da Universidade para conhecer as condições de trabalho e a opinião dos docentes em relação ao isolamento social, sua flexibilização e alternativas acadêmicas para as atividades de ensino, de pesquisa e de extensão. Os professores receberão o link de acesso à pesquisa por meio do sistema de enquetes da Ufes.

As duas pesquisas fazem parte da elaboração de um Plano de Contingência que tem o objetivo de traçar estratégias a serem implementadas durante o período de isolamento social e após o retorno às atividades presenciais, considerando um cenário pós-pandemia. O plano está sendo desenvolvido por um grupo de trabalho criado pela Administração Central, composto por representantes da gestão, dos professores, dos técnicos e dos estudantes, observando as diretrizes estabelecidas pelo Comitê Operativo de Emergência da Ufes (COE-Ufes).

A coordenadora do grupo e diretora do Centro de Educação, Cláudia Gontijo, destacou que os professores devem observar que o questionário está dividido em três partes. “A primeira contempla questões que visam à identificação das condições atuais dos docentes, a segunda compreende questões referentes ao ensino de graduação e a terceira ao ensino de pós-graduação. Assim, docentes que ministram aulas para cursos de graduação e de pós-graduação responderão as três partes do questionário. Já os que ministram aulas somente em cursos de graduação responderão as partes I e II. E os que lecionam somente nos cursos de pós-graduação, incluindo os professores aposentados, voluntários e visitantes, responderão as partes I e III”.

Próximas etapas

Ela explicou ainda que, após a realização da pesquisa com estudantes e professores, também será realizada uma enquete com técnicos e gestores, a fim de estabelecer um diagnóstico sobre as condições de trabalho, a infraestrutura dos setores, alternativas operacionais para as atividades que desenvolvem e o nível de conhecimento em relação às atividades remotas, considerando a flexibilização gradativa do isolamento.

“Queremos traçar estratégias de atuação que sejam possíveis de serem executadas no momento e que permitam, quando possível, um retorno às atividades presenciais atendendo as recomendações das autoridades de saúde para a prevenção contra a COVID. Por isso, estamos buscando informações e ouvindo os diversos segmentos da comunidade universitária”, afirma o reitor Paulo Vargas.

O grupo de trabalho é formado pelos pró-reitores Zenólia Figueiredo (de Graduação) e Neyval Reis Júnior (de Pesquisa e Pós-Graduação); pelos diretores de Centro de Ensino Cláudia Gontijo (Educação), Neuza Brunoro (Ciências Exatas, Naturais e da Saúde) e Rogério Faleiros (Ciências Jurídicas e Econômicas); e por um membro de cada entidade representativa da comunidade acadêmica: Associação dos Docentes da Ufes (Adufes), Diretório Central dos Estudantes (DCE) e Sindicato dos Trabalhadores da Ufes (Sintufes).

Texto: Thereza Marinho

 

 

Categoria: 
Destaque
Acesso à informação
Transparência Pública
Planejamento e Gerenciamento de Contratações (PGC)
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.