Comunicado sobre o funcionamento dos Restaurantes Universitários

A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Cidadania (Proaeci) está realizando todos os esforços para regularizar o fornecimento de refeições por meio de produção própria nos restaurantes universitários (RUs), o que ocorrerá tão logo a contratação das empresas fornecedoras de serviços terceirizados esteja concluída e as equipes aptas a iniciarem os trabalhos.

Confira as previsões para início do fornecimento de refeições por meio de produção própria, com atendimento no sistema prato e bandeja (self-service), e o estágio dos preparativos em cada restaurante:

Restaurante do campus de Alegre: 9 de maio

Os fornecedores de matéria-prima e de serviços terceirizados já foram contratados, e o processo encontra-se em fase de recrutamento e treinamento de equipe, seguida de preparação dos espaços e equipamentos. Até o início da produção própria nos RUs, previsto para o dia 9 de maio, os estudantes cadastrados na Assistência Estudantil permanecerão recebendo auxílio-alimentação, pago antecipadamente.

Restaurante dos campi de Maruípe, Goiabeiras e São Mateus: 23 de maio

Os fornecedores de matéria-prima e de serviços terceirizados já foram contratados. Nesta semana, começam a ser recrutadas as equipes. Em seguida, serão realizados os treinamentos e a higienização dos espaços, equipamentos e utensílios. Até o início da produção própria nos RUs de Goiabeiras e Maruípe, previsto para o dia 23 de maio, as marmitas continuarão sendo distribuídas mediante agendamento. Os estudantes de São Mateus cadastrados na Assistência Estudantil receberão auxílio-alimentação entre os dias 4 e 20 de maio.

Por que há demora na formalização dos contratos?

Dificuldades na contratação de empresas fornecedoras de serviços terceirizados e de matéria-prima têm sido causadas pelo não aparecimento de empresas interessadas (licitações desertas), em decorrência de problemas gerados pelo aumento da inflação ou pelo fato de as empresas não atenderem aos requisitos mínimos previstos nos editais. Dessa forma, todo o processo precisava ser reiniciado, observando-se os prazos legais a serem cumpridos pela Universidade.

Solução temporária

Diante da situação encontrada e ciente de que os serviços de alimentação são essenciais para o bom desempenho dos estudantes, nesses primeiros dias de funcionamento presencial da Ufes, três restaurantes universitários (dos campi de Goiabeiras, Maruípe e São Mateus) passaram a ser supridos pelo fornecimento de marmitas, por meio do prolongamento do serviço vigente no período letivo anterior e aumento do atendimento até o limite permitido nas Atas de Registro de Preços. No campus de Alegre, adotou-se o fornecimento do auxílio-alimentação para estudantes cadastrados na Assistência Estudantil.

Compromisso da Ufes com seus estudantes

A Ufes tem demonstrado por inúmeras ações o seu compromisso com a promoção de um ambiente universitário de qualidade e condições para que os estudantes tenham o apoio necessário para o seu desenvolvimento acadêmico. Também tem atuado sempre em diálogo com representantes estudantis.

A situação que vivemos, de retomada presencial após dois anos de atividades remotas, é inusitada para todos nós e está sendo agravada pelo atual contexto de inflação, que tem causado impacto nos processos de compras de produtos ou serviços. Essa situação tem sido observada também em outras universidades brasileiras. A Ufes reafirma seu compromisso de promover as melhores condições de acesso e permanência dos estudantes no ensino superior. Outras informações serão divulgadas tão logo estiverem disponíveis.

 

 

Categoria: 
Destaque
Acesso à informação
Transparência Pública
Planejamento e Gerenciamento de Contratações (PGC)
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.