Ufes e Prefeitura de Vitória trabalharão juntas para a melhoria do trânsito

A Ufes e a Prefeitura de Vitória formalizaram um termo de cooperação técnica para o desenvolvimento de tecnologias que ofereçam contribuições para a melhoria do trânsito na capital, soluções para a mobilidade urbana e situações que envolvam atividades criminosas. O projeto prevê o uso, por pesquisadores da Universidade, de conteúdo produzido pelas imagens de monitoramento do tráfego de veículos em Vitória, coletado através de aplicativos de celular e operado pela Secretaria Municipal de Segurança Urbana (Semsu), por meio da Central Integrada de Operações. A proposta é o desenvolvimento científico e tecnológico, com ações de pesquisa e extensão, objetivando melhorar a segurança nas vias públicas e qualificar a mobilidade das pessoas.

A parceria foi oficializada nesta quinta-feira, 1º, pelo reitor Reinaldo Centoducatte, pelo secretário municipal de Segurança Urbana Fronzio Calheiro Mota, pelo subsecretário da Guarda Civil Municipal Edvandro Sipolatti Esguersoni, e pela professora Roberta Lima Gomes, do Departamento de Informática, e uma das coordenadoras do projeto. A coordenação geral é da professora Raquel Frizzera Vassalo, do Departamento de Engenharia Elétrica. “Esta parceria é muito importante porque poderá resultar em muitos benefícios para a cidade e para as pessoas, proporcionando uma efetiva interação entre a Universidade, a gestão municipal e a comunidade capixaba”, destacou o reitor.

Dados compartilhados

De acordo com o termo de cooperação técnica, as imagens de videomonitoramento fixo e dados de tráfego de veículos serão compartilhados pela PMV com a Ufes, sendo os conteúdos definidos previamente em comum acordo. A prefeitura da capital poderá utilizar ferramentas tecnológicas, produtos e estudos – incluindo dissertações, teses e outros trabalhos acadêmicos – que sejam produzidos para fins de gestão e planejamento urbano. “A cidade de Vitória está se preparando para o desenvolvimento de tecnologias que venham contribuir para melhorar a gestão e a vida das pessoas, com o uso de dados disponíveis que são coletados, inclusive para o enfrentamento ao crime”, ressaltou Fronzio Mota.

“O projeto é um grande guarda-chuvas que está se abrindo, pois o material que será compartilhado permitirá pesquisas em diferentes linhas, agregando áreas distintas de estudos, incluindo atividades extensionistas”, destaca a pesquisadora Roberta Gomes. “Vamos começar trabalhando com as imagens do tráfego de veículos e, paulatinamente, na medida em que os conteúdos permitirem, avançar para outras áreas”, acrescentou. Segundo Roberta Gomes, a importância da extensão universitária é que ela poderá envolver a comunidade nos projetos.

Roberta observa que são muitas as possibilidades de atuação dos pesquisadores em projetos de diferentes áreas acadêmicas, que poderão atender às demandas da população e do poder público. “A prefeitura, por exemplo, possui várias redes de wi-fi espalhadas pela cidade, e a partir delas poderemos buscar desenvolver sistemas que permitam localizar aparelhos de celular roubados”, assinalou a pesquisadora. Roberta Gomes salienta que muitas cidades de países desenvolvidos já recorrem, com eficiência, ao desenvolvimento tecnológico, para encontrar soluções para as cidades, e que os pesquisadores da Ufes participam desses projetos em outros países, cujas experiências podem ser utilizadas por meio da parceria Ufes e PMV.          

Na foto, a professora Roberta Lima Gomes, o reitor Reinaldo Centoducatte, o secretário municipal de Segurança Urbana Fronzio Calheiro Mota, e o subsecretário da Guarda Civil Municipal Edvandro Sipolatti Esguersoni.

Texto: Luiz Vital
Foto: Ana Carolina Pagani (estagiária de projeto de Comunicação)
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
60 anos da Ufes
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Reestruturação e Expansão das Universidades Federais

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.