Ufes lamenta a morte do reitor da UFSC Luiz Carlos Cancellier de Olivo

A Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) lamenta, com profundo pesar, o trágico falecimento do professor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), ocorrido na manhã desta segunda-feira, 2 de outubro de 2017. Consternada e entristecida, a Administração Central da Ufes decretou luto oficial de três dias em respeito à memória do professor. Manifestamos a nossa solidariedade para com os familiares e amigos do reitor Cancellier, bem como com a comunidade acadêmica da UFSC.

Igualmente, manifestamos a nossa veemente indignação com a forma como autoridades judiciais, policiais e do Ministério Público atuaram recentemente, no curso de investigações sobre supostas irregularidades apontadas no âmbito daquela instituição de ensino, e que resultou na extemporânea prisão do reitor Cancellier. Um ato extremo e grave no ambiente do Estado Democrático de Direito, visto que o reitor Cancellier nem sequer havia prestado esclarecimentos no processo.

Tal episódio atingiu brutalmente a honra do professor doutor Cancellier, que não resistiu à tamanha execração pública, resultando na tragédia ocorrida na manhã desta segunda-feira. Repudiamos, igualmente, as recorrentes práticas ultimamente adotadas em nosso País, as quais impõem, pela força judicial e policial, ainda no curso de investigações, a execração pública de cidadãos e cidadãs, em frequente associação com veículos de comunicação. Desse modo, manifestamos o nosso forte questionamento à condenação sumária adotada em relação ao reitor Cancellier, antes mesmo que a Justiça, a Polícia e o Ministério Público tivessem alcançado alguma conclusão sustentável.

É de fato intolerável tal situação, que fere os preceitos elementares da democracia e que provocam tragédias irreversíveis a cidadãos honrados e gestores públicos comprometidos com as suas atribuições. Que a tristeza pelo falecimento do professor Luiz Carlos Cancellier nos mova para a necessária reflexão acerca do particular momento vivido em nosso País de grave desorganização institucional, o que afeta cada cidadão e cada cidadã. Todos nós, reitores das universidades federais, deveremos manter, com firmeza, a defesa da universidade pública – patrimônio da sociedade brasileira – e o compromisso da plenitude democrática no Brasil.

Vitória-ES, 2 de outubro de 2017.

 

Reinaldo Centoducatte
Reitor da Universidade Federal do Espírito Santo       

 

Categoria: 
Destaque
60 anos da Ufes
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Reestruturação e Expansão das Universidades Federais
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.