Seminário debate ações da academia na tragédia do Rio Doce

Para abrir a semana em que se completa um ano da tragédia provocada pelo rompimento da barragem de Fundão, em Minas Gerais, a Ufes realizou nesta segunda-feira, 31, o seminário "O papel da academia em suporte aos órgãos públicos e à sociedade civil em virtude dos múltiplos impactos decorrentes do desastre da Samarco em Fundão". O evento reuniu especialistas de várias áreas do conhecimento, que estão trabalhando sobre este tema mais diretamente desde novembro de 2015, mas que acumulam conhecimentos de estudos anteriores realizados na região.

Estiveram presentes pesquisadores e extensionistas ligados à Rede Ufes-Rio Doce, e também especialistas das Universidades Federais de Minas Gerais (UFMG) e de Ouro Preto (Ufop), do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) e da Universidade Vale do Rio Doce (Univale), de Governador Valadares. Entre os demais convidados estiveram representantes do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (IEMA), das Fundações de Amparo à Pesquisa no Espírito Santo (Fapes) e em Minas Gerais (Fapemig) e do Fórum Capixaba em Defesa do Rio Doce.

O evento foi realizado no Auditório do Laboratório de Petróleo (LabPetro), no Campus de Goiabeiras.

Veja abaixo a programação completa:

8h30 – Abertura

Renato Rodrigues Neto (Reitoria-Ufes)

Edmilson Teixeira (PRPPG-Ufes)

Roberto Simões (Proex-Ufes)

Estevam de Las Casas (IEAT-UFMG)

Alberto Fonseca (PRPPG-Ufop)

Márcio Có (PRPPG-Ifes)

Haruf Espindola (Proacad-Univale)

 

9h – Retrospectiva do processo de construção da Rede Doce

Coordenadora: Marta Zorzal (PRPPG-Ufes)

Estevam de Las Casas (IEAT-UFMG)

Alberto Fonseca (PRPPG-Ufop)

Márcio Có (PRPPG-Ifes)

Relatora: Claudia Mayorga (Proex-UFMG)

 

10h – Atuação da Academia na Recuperação do Doce: O que estamos fazendo? O que tem a ser feito? O que podemos fazer juntos?

Coordenador: Renato Rodrigues Neto (CCHN-Ufes)

Claudia Mayorga (Proex-UFMG): Observatório Interinstitucional desastre de Mariana-Rio Doce

Cristiana Losekann (Ciências Sociais-Ufes): Impactos sociais

Alex Bastos (Oceanografia-Ufes): Aspectos Físicos e Bióticos dos impactos no Mar.

Aureo Banhos (Biologia-Ufes/Alegre): Aspectos Ambientais, Físicos, Bióticos Continentais na Bacia do Rio do Doce

Abrahão Elesbon (Engenharia Hidráulica-Ifes/Colatina): Recursos Hídricos

Relator: Gilberto Barroso (Recursos Naturais-Ufes)

 

14h – A Rede Doce: Qual seu papel no Suporte aos Órgãos Públicos e à Sociedade Civil? Como deverá funcionar?

Coordenador - Neyval Reis Jr. (PRPPG-Ufes): A Rede Doce

Edmilson Teixeira (Labgest-Ufes): Relevância da Rede para os Órgãos Gestores Ambientais e de Recursos Hídricos

Albertone Pereira (Iema)

João Carlos A. Thomé (ICMbio)

Leonardo Deptulski e Luciane Teixeira (CBH Doce)

Gabriel Riva (Fórum Capixaba em Defesa do Rio Doce): A Rede e a Sociedade Civil

Renato Ciminelli (Fapemig) e Rodrigo Rodrigues (Fapes): Agências de Fomento de Ciência,Tecnologia e Inovação e a Rede Doce

Relator: Edgard Rebouças (Comunicação Social-Ufes)

 

16h30 – Agenda Rede Doce:Próximos passos

Coordenação: Edmilson Teixeira (Ufes)

Plenária: Todos

Relatora: Marta Zorzal (Ufes)

Categoria: 
Destaque
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.