Legalidade, Meu Nome é Daniel e Alma Imoral entram em cartaz no Cine Metrópolis

Os filmes Legalidade, Alma Imoral e Meu Nome é Daniel entram em cartaz nesta semana na programação do Cine Metrópolis, localizado no campus de Goiabeiras. Na próxima segunda-feira, 11, o Cine Metrópolis será dedetizado e não haverá programação.

Os ingressos para os filmes podem ser adquiridos na bilheteria do cinema por R$10 (inteira) e R$ 5 (meia). Estudantes da Ufes têm entrada gratuita.

Confira a programação completa.

Legalidade (12 anos)

Em 1961, quando o então presidente do Brasil Jânio Quadros renunciou ao cargo, o vice João Goulart torna-se sucessor natural do cargo. Porém, setores da sociedade liderados por militares clamavam pelo impedimento da posse de Jango, por temerem seus posicionamentos de esquerda. Liderados por Leonel Brizola, o movimento Legalidade é criado com intuito de garantir a posse do vice-presidente, colocando grande parte do Rio Grande do Sul contra o núcleo do exército. Em meio ao iminente golpe militar, uma misteriosa jornalista pode mudar os rumos do país.

Sessões: quinta-feira, 7, às 17h30; sábado, 9, às 15h40; terça-feira, 12, às 18h.

 

Meu Nome é Daniel (12 anos)

Desde seu nascimento, Daniel Gonçalves vive com uma deficiência nunca diagnosticada pelos médicos. No documentário, o jovem cineasta, morador do Rio de Janeiro, traça o caminho de sua vida para tentar compreender sua condição e relembra sua infância, por meio de registros de família e de cenas gravadas hoje em dia, passando por momentos, histórias e reflexões de Daniel.

Sessões: sexta-feira, 8, às 20h; domingo, 10, às 18h20; terça-feira,12, às 16h20; quarta, 13, às 17h40.

 

Alma Imoral  (12 anos)

O filme retrata a transgressão, buscando entender o anseio do ser humano em viver novos relacionamentos e se tornarem outras pessoas a partir do próprio conceito de evolução, deixando de se apoiar apenas em contextos bíblicos e obrigações morais. O filme tem como objetivo tratar as relações entre corpo e alma, dando ao espectador um vislumbre nas histórias de pessoas que foram além de sua fé particular e que tentam, a partir dela, tornar o mundo mais igualitário e pacífico.

Sessões: quinta-feira, 7, às 20h; sexta-feira, 8, às 17h30; sábado, 9, às 18h; domingo, 10, às 16h; terça-feira, 12, às 14h; quarta-feira, 13, às 19h30.

 

Texto: Danielle Gonçalves (estagiária de Comunicação)
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.