Estudantes estrangeiros começam preparação para proficiência em português

A Ufes recebeu nesta sexta-feira, 7, os 18 estudantes estrangeiros que participarão da primeira turma do curso preparatório para a prova de proficiência em português oferecido pela Universidade. O curso é oferecido aos que foram selecionados para ingressar em universidades brasileiras pelo Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G). O chamado Pré-PEC-G antecede a prova para obter o Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras).

Os estudantes terão aulas a partir de segunda-feira, 10, no campus de Goiabeiras. "Neste primeiro mês, será uma preparação mais intensiva, com aulas de segunda a sexta, pela manhã e à tarde, para favorecer a integração dos estudantes", afirma o professor de Letras Santinho Ferreira, um dos responsáveis pela formação. As aulas seguirão até outubro, quando será aplicado o exame do Celpe-Bras.

Na primeira turma do Pré-PEC-G, participarão alunos de Honduras, Gabão, Costa do Marfim, Guatemala, Benim, Gana, Guiné Equatorial, Haiti e Senegal. "Em nome da Ufes, ficamos felizes em receber estudantes de diversas nacionalidades. Nossa Universidade é uma instituição aberta e se alegra em acolher pessoas de diversos países, raças, gêneros e religiões", afirma a secretária de Relações Internacionais da Universidade, professora Patrícia Cardoso.

Entre os recém-chegados, 12 pretendem cursar a graduação na Ufes e os demais foram selecionados para estudar nas universidades federais do Oeste da Bahia (Ufob), de Juiz de Fora (UFJF) e de São Carlos (UFSCar), além do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet/RJ), da Estadual de Londrina (UEL) e da Universidade de São Paulo (USP).

Expectativa

A maioria dos estudantes fala francês e não tem conhecimento do português. Do grupo que participou da recepção organizada pela Secretaria de Relações Internacionais (SRI), apenas o aluno Santos Josenze Untugu Afumu (na foto, de camisa amarela), da Guiné Equatorial, já fala português, após estudar dois meses em sua terra natal, onde a língua principal é o espanhol. "Estou muito animado para conhecer novas culturas. Ano que vem, pretendo começar minha primeira graduação e estudar Direito aqui na Ufes", completa o jovem, que também fala francês e estava ajudando a traduzir para os demais colegas.

O também guinéu-equatoriano José Fernando Obama (na foto, de camisa vinho) cursará as aulas de português na Ufes e, no ano que vem, pretende estudar Engenharia de Telecomunicações no Cefet-RJ. "Sou formado em Engenharia de Pesca em meu país, mas como lá não tem formação em telecomunicações, vim estudar no Brasil", afirma. Para o estudante, a primeira dificuldade será superar as dificuldades com o idioma. "Fui designado para aprender o português na Ufes e estou gostando da cidade, achei as pessoas acolhedoras", acrescenta.

Além dos estudantes do Pré-PEC-G, a Ufes se prepara para receber cerca de 20 alunos de graduação estrangeiros, para os quais haverá uma recepção no dia 27 de fevereiro. Parte deles vem para a realização de intercâmbio e ficará um ou dois períodos, e outros farão o curso completo na Universidade.

 

Texto: Lidia Neves
Foto: Jorge Medina

 

Categoria: 
Destaque
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.