Equipe Aves fica entre as cinco melhores em competição nacional de aerodesign

A equipe Aero Vitória Espírito Santo (Aves), formada por 20 estudantes dos cursos de engenharias Mecânica e Elétrica, Comunicação Social e Arquitetura da Ufes, ficou em 5º lugar na 21ª SAE Brasil AeroDesign, entre 55 equipes participantes, nacionais e internacionais. O projeto aerodinâmico da aeronave da Ufes foi escolhido o segundo melhor da competição.

A competição de aviões radiocontrolados foi realizada entre os dias 24 e 27 de outubro, no Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial da Aeronáutica, em São José dos Campos, São Paulo. O objetivo dos participantes da prova é construir a aeronave mais leve e que carregue a maior quantidade de peso possível, em três categorias: micro, regular e advanced. A equipe da Ufes participou na categoria regular com dois aviões biplanos (asas duplas) que possuem trem de pouso estilo triciclo e podem alcançar uma velocidade de até 60 quilômetros por hora em voo.

Desafio

O projeto SAE Brasil AeroDesign é um desafio lançado aos estudantes de Engenharia que tem como principal objetivo propiciar a difusão e o intercâmbio de técnicas e conhecimentos de Engenharia Aeronáutica entre alunos e futuros profissionais da Engenharia da Mobilidade, por meio de aplicações práticas e da competição entre equipes. Ao participar do projeto SAE AeroDesign, os estudantes desenvolvem um projeto aeronáutico real, envolvendo concepção, detalhamento, construção e testes.

O professor do Departamento de Engenharia Mecânica da Ufes Guilherme Fabiano é o orientador da equipe e disse que todo o processo de construção da aeronave dura cerca de um ano, culminando com a participação na competição. “Assim que a competição acaba, nós já começamos o planejamento para a próxima. E este ano foi motivo de muito orgulho e alegria ficarmos na 5ª posição, à frente de equipes como as da USP (Universidade de São Paulo) e do ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica)”, comemorou Fabiano.

Em 2018, a equipe Aves também participou da competição e ficou em 14º lugar. Segundo Fabiano, o custo global de construção da aeronave fica em torno de dez mil reais, e são utilizados materiais como fibra de carbono, aço, madeira e um motor a combustão movido a nitrometano. Além da Ufes, uma equipe do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), campus São Mateus, também representou os capixabas na 21ª SAE Brasil AeroDesign. A Ufes participa da competição desde 2001.

A SAE Brasil (Sociedade de Engenheiros da Mobilidade), organizadora da competição, foi fundada em 1991, com foco em inovações e tendências da mobilidade brasileira e internacional, e é uma afiliada da SAE International. A SAE Brasil tem sede em São Paulo e conta com seis mil associados e mais de mil voluntários. Também está presente em sete estados brasileiros, por meio de dez seções regionais.

Texto: Hélio Marchioni
Edição: Thereza Marinho

Categoria: 
Destaque
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.