Curso a distância de Letras Italiano aposta na interação com a comunidade italiana no ES

O mais novo curso de graduação a distância (EaD) da Ufes e único no país nessa modalidade, a licenciatura em Letras Italiano aposta na interação com a comunidade italiana no Espírito Santo. O curso foi criado em 2018, após levantamento indicar demanda considerável para professores habilitados ao ensino do idioma, considerando a forte presença italiana no estado. O idioma, inclusive, está incluído na grade curricular de escolas do interior. Criado pela Superintendência de Ensino a Distância (Sead), no formato semipresencial, o curso mantém encontros presenciais semanais em oito polos EaD do estado, localizados nos municípios de Afonso Cláudio, Alegre, Colatina, Domingos Martins, Iúna, Santa Teresa, Vargem Alta e Venda Nova do Imigrante – cidades de significativa influência cultural italiana.

Com financiamento da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e integrado ao programa Universidade Aberta do Brasil (UAB), o curso possui 181 estudantes matriculados e busca se inserir em eventos e atividades da comunidade italiana no Espírito Santo. “Ao participar de ações culturais nos municípios com importante presença de imigrantes italianos e descendentes, os estudantes obtêm conhecimentos que contribuem para a sua formação acadêmica”, destaca a coordenadora do curso, Mariza Moraes.

#Italiano nas escolas

Embora recém-criado, o curso participou ativamente da Mostra de Profissões 2019, apresentando a licenciatura para estudantes do ensino médio com interesse na graduação em Italiano. A participação inédita incluiu grupos de dança italiana; karaokê; mesa temática; convidados do Arquivo Público Estadual; e visita à Escola Experimental da Ufes, onde foram recebidos com cartazes em que havia escrito #Italiano nas escolas. A professora Mariza Moraes ressalta: “foi uma experiência muito produtiva e enriquecedora para os estudantes, em que todos ficaram muito motivados”.

Segundo ela, os estudantes do curso atuam nas comunidades por meio de projetos de extensão, participando, por exemplo, da tradicional Festa do Imigrante Italiano e da Carretela Del Vin, em Santa Teresa. Segundo Mariza Moraes, os alunos participam também do projeto Caminhos da Sabedoria, percorrendo monumentos, igrejas e lugares históricos, com registros fotográficos, entrevistas, áudios e vídeos. A proposta é produzir trabalhos que venham a ser apresentados às comunidades com o suporte da Sead e da Pró-Reitoria de Extensão, além da parceria do Laboratório de Design Instrucional da Sead. De acordo com Mariza Moraes, um novo projeto está em curso: a criação do mestrado profissional.

 

Texto: Luiz Vital
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.