Curso de Estatística obtém nota máxima do MEC e se torna um dos mais bem avaliados do Brasil

O curso de graduação Estatística (bacharelado) da Ufes obteve nota 5 na avaliação presencial (in loco) feita pelo Ministério da Educação na semana passada. O curso, que forma para uma das profissões consideradas promissoras para o futuro, passou a ser o mais bem avaliado do Brasil, junto com o da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). A divulgação do resultado da avaliação foi feita na noite desta terça-feira, 2.

No Espírito Santo, a Ufes é a única a oferecer formação nessa área. Na avaliação in loco anterior, realizada em 2015, a graduação em Estatística havia recebido nota 3, em uma escala de 1 a 5. Desde então, passou por uma reestruturação e aprovou um novo Projeto Pedagógico de Curso (PPC), alinhado às diretrizes nacionais curriculares e às exigências da legislação.

Na avaliação realizada na semana passada, o curso obteve nota máxima em todos os critérios referentes ao corpo docente, além de ter sido bem avaliado em relação à infraestrutura e à organização didático-pedagógica.

Melhorias

O coordenador do curso de Estatística, professor Bartolomeu Zamprogno, afirmou que o resultado foi fruto de um empenho coletivo do corpo docente, dos servidores técnico-administrativos, dos estudantes e dos diversos setores da Ufes.

"Desde que assumi a coordenação, em 2016, fizemos várias atividades para alavancar o curso. Buscamos mostrar o que a Estatística faz, por meio da Mostra de Profissões (foto) e da Semana de Estatística. Fizemos divulgação para os estudantes de Ensino Médio, órgãos públicos e empresas privadas. Buscamos melhorar a infraestrutura, ampliando os laboratórios e adquirindo novos computadores, além de investir na compra de livros e em acessibilidade, para atender a deficientes físicos. E, em diálogo com os professores, incorporamos à grade curricular o que há de mais atual em relação à estatística", relatou.

Além de obter a nota máxima em Estatística, o Centro de Ciências Exatas alcançou nota 4 nas demais graduações: Física, Química e Matemática.

Para a coordenadora da Secretaria de Avaliação Institucional (Seavin) da Ufes, professora Leila Massaroni, o resultado reflete o entendimento da importância da avaliação para o aprimoramento do ensino na Universidade. "Queremos fortalecer a cultura de ter o processo de avaliação como instrumento de gestão, para subsidiar a melhoria dos cursos da Ufes, atendendo aos critérios estabelecidos pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) e pelo MEC", afirmou.

Na foto, estudantes apresentam o curso durante a Mostra de Profissões, realizada em outubro de 2018.

Texto: Lidia Neves
Foto: Danielle Gonçalves (estagiária de Comunicação)
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.