Por trabalho em defesa dos primatas, Sergio Lucena recebe prêmio nacional

O professor Sérgio Lucena Mendes, do Departamento de Ciências Biológicas, do Centro de Ciências Humanas e Naturais (CCHN/Ufes), foi o vencedor do Prêmio Faz Diferença 2017, promovido pelo jornal O Globo, na categoria “Sociedade/Ciência e Saúde” pelo seu trabalho em defesa dos primatas da Mata Atlântica durante o surto de febre amarela ocorrido no ano passado, que atingiu grande parte da população e vitimou milhares de macacos.

O prêmio será entregue no dia 28 de março, às 20 horas, no hotel Copacabana Palace. O professor Sérgio Lucena agradeceu a quem participou da votação no site do jornal e a toda sua equipe e colegas de pesquisas. “O mérito não é só meu. É o reconhecimento de um árduo trabalho de uma bela equipe que atua na defesa dos nossos primatas e no monitoramento da febre amarela, atividade que se iniciou há cerca de um ano. Agradeço, portanto, aos meus colegas cientistas e a essa determinada turma de jovens doutores, mestres e estudantes que tem contribuído com o sucesso do projeto ‘Sentinelas da Mata’. Também temos contado com a preciosa colaboração dos técnicos de vigilância epidemiológica dos municípios. Agradeço, também, à Ufes, Seama, Fapes e Sesa, que viabilizaram o trabalho. Por fim, não menos importantes, são os meus colegas primatólogos e outros cientistas de vários lugares do Brasil que tem colaborado conosco”, afirmou.

Mapeamento

Sérgio Lucena é professor de Zoologia, especialista em primatas, atual diretor do Instituto Nacional da Mata Atlântica (INMA) e coordenador do Projeto Muriqui, que estuda e desenvolve ações de preservação de macacos que habitam a Mata Atlântica. Durante o surto de febre amarela, Lucena atuou em parceria com órgãos de saúde pública, mapeando as regiões onde se encontravam animais mortos com o vírus da febre amarela silvestre. 

Esta é a 15ª edição do Prêmio Faz Diferença, cuja votação popular terminou no dia 28 de janeiro. Os indicados são selecionados por jornalistas de cada uma das editorias do Globo por terem se destacado pela atuação em suas áreas.

Texto: Letícia Nassar
Imagem: TV Ambiental
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
60 anos da Ufes
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Reestruturação e Expansão das Universidades Federais

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.