Ufes tem 13 cursos de pós-graduação com conceito Capes 5

A Ufes conta com 13 cursos de pós-graduação com nota 5. As notas de todos os programas de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) em funcionamento no Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG) foram divulgadas na noite desta terça-feira,19, pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), que avaliou 4.175 programas de pós-graduação durante o período de 21 a 25 de agosto e 28 de agosto a 01 de setembro de 2017.

O pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Ufes, Neyval Costa Reis Junior, destaca que este resultado é excelente. “Além dos 13 cursos com nota 5, tivemos seis cursos que aumentaram sua nota para 4. Com essa nota, os cursos poderão solicitar a abertura do curso de doutorado. É o caso do mestrado em Ciências Contábeis, que possivelmente ofertará doutorado em 2018, e o de Agricultura Tropical, ofertado no Centro Universitário Norte do Espírito Santo (Ceunes), que também poderá expandir”, diz.

A Ufes possui, atualmente, 64 cursos de mestrado e 27 de doutorado. E, este ano, a Universidade ultrapassou a marca dos 1.000 artigos/ano publicados em periódicos indexados, que são revistas que fazem parte de bases de dados reconhecidas internacionalmente, como Scopus, Web of Science e Sielo, com corpo editorial e revisores especializados que qualificam e credenciam os artigos para publicação.

“Estamos em uma trajetória ascendente. Em 2007 ofertávamos 30 mestrados e 8 doutorados. O nosso próximo grande desafio é alcançarmos as notas 6 e 7 nas avaliações, que representam os programas com nota 5 que agregam internacionalização. Elas significam a maturação dos nossos cursos de média 5. Para atingir essas notas, primeiramente as comissões das Áreas de Avaliação da Capes, depois de avaliarem de 1 a 5, vão sugerir ao Conselho Técnico e Científico (CTC/Capes)  os cursos que possam ter avaliação 6 e 7. Para isso, os cursos de média 5 precisam ter também inserção internacional, por exemplo, com muitas publicações em periódicos internacionais indexados e intercâmbios de docentes e estudantes”, explica o pró-reitor.

Para o secretário de Avaliação Institucional da Ufes, Edebrande Cavalieri, este resultado também se deve à política institucional que incentiva a pesquisa ainda na graduação: “A iniciação científica na graduação gera pesquisadores futuros e isso fortalece a pós-graduação. A pós- graduação ficará ainda mais forte se a graduação for forte”.

Os 13 cursos de pós-graduação avaliados com nota 5 foram: Astrofísica, Cosmologia e Gravitação; Biotecnologia; Educação; Engenharia Ambiental; Engenharia Elétrica; História; Doenças Infecciosas; Psicologia; Química; Saúde Coletiva; Política Social; Renobio (Rede Nordeste de Biotecnologia; e Profmat (Mestrado Profissional em Matemática). O Renobio é um curso de caráter multi-institucional e o Profmat é um programa de pós-graduação em Matemática em Rede Nacional e coordenado pela Sociedade Brasileira de Matemática.

Já os seis cursos que aumentaram suas notas para 4 foram: Ciências Contábeis, Agricultura Tropical, Economia, Filosofia, Psicologia Institucional e Ciências Sociais.

 

Texto: Letícia Nassar
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
60 anos da Ufes
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Reestruturação e Expansão das Universidades Federais
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.