Ufes sedia I Seminário dos Povos Indígenas

 

O Movimento da Causa Indígena Capixaba e o Programa de Extensão Educação do Campo (Proex) realizam, nesta quinta-feira, 11 de abril, das 8h às 18h, o I Seminário dos Povos Indígenas, no Cine Metropólis, Campos de Goiabeiras da Ufes. Os interessados podem se inscrever gratuitamente no site www.ce.ufes.br/educacaodocampo.

Com o tema Saberes, Educação e Interculturalidade, o evento tem como proposta principal aproximar os saberes e fazeres indígenas (tupinikim e guarani) das práticas educacionais tanto nas aldeias quanto nas escolas das redes públicas de ensino no Espírito Santo. 

Programação

Pela manhã, professores e lideranças indígenas (guarani e tupinikim) apresentarão experiências de transmissão de saberes nos programas das escolas indígenas do município de Aracruz, no Espírito Santo. O educador Werá Djekupé (Marcelo Guarani) – um dos participantes da mesa, fará um relato da experiência de educação bilíngüe a partir do Glossário da língua Guarani Nhãdewa, que foi construído por professores indígenas Guarani do estado.

Na parte da tarde, a palestra de José Manuel Ballivián pautará temas pertinentes à questão da educação indígena em outras partes do Brasil, com ênfase na aplicabilidade da Lei 11.645/08, que tornou obrigatório nos conteúdos programáticos escolares o ensino da cultura e história dos diferentes povos indígenas brasileiros. 

Após a palestra, uma mesa redonda composta por representantes de diferentes instituições educativas e culturais buscará estabelecer diálogos  entre as diversas  experiências interculturais e  lançar propostas para uma  educação que aproxime  os saberes do campo (e da floresta)  e a população das cidades.

Segundo Gerda M.S.Foerste, uma das organizadoras do Seminário, “Este encontro objetiva basicamente estimular debates que contribuam na construção de alternativas para dar visibilidade às práticas educativas das comunidades indígenas capixabas. Na prática isso significa o exercício dialógico que venha fortalecer o trabalho em parceria com o povo tupinikim e guarani”.

Apresentações culturais

Na abertura do seminário, haverá uma apresentação do Coral Guarani Boa Esperança, formado por crianças e adolescentes. Na hora do almoço, a Banda de Tambores Tupinikim se apresenta no evento. No período da noite, acontecerá uma mostra de documentários sobre a questão indígena, com o lançamento do curta Reikwaapa, de Marcelo Guarani e Ricardo Sá.

 

Arara – vídeoclipe resultado de oficina de realização do projeto Linguagens da Terra.

Tatatin Woá Retée – de Rogério Medeiros.

Nossa Terra, Nossa Liberdade - de Lígia Sancio.

A flauta mágica – resultado de oficina realizada pelo Instituto Parceiros do Bem,  nas aldeias guarani do ES.

Reikwaapa - de Werá Djekupé (Marcelo Guarani) e Ricardo Sá.

 

Serviço

Quando: 11 de abril de 2013

Horário: das 8 às 18 horas

Inscrições gratuitas pelo site:  www.ce.ufes.br/educacaodocampo

 

Categoria: 
Destaque
Evento
60 anos da Ufes
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Reestruturação e Expansão das Universidades Federais
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.