Ufes homenageia 30 anos da Assembleia Nacional Constituinte e reitera defesa da democracia

“A nação quer mudar, deve mudar, vai mudar. Que a promulgação seja nosso grito: mudar para vencer!” Foi lembrando as palavras de Ulisses Guimarães, lidas pelo ex-governador do Estado, Vitor Buaiz, que encerrou-se na noite desta quarta-feira, 5, a solenidade em homenagem aos 30 anos da Assembleia Nacional Constituinte de 1988 e em defesa da democracia, realizada pela Administração Central da Ufes.

Na ocasião, o reitor Reinaldo Centoducatte e a vice-reitora Ethel Maciel agraciaram os parlamentares capixabas que participaram da elaboração da Constituição Federal de 1988 com um certificado de reconhecimento e agradecimento pela contribuição que deram ao país.

Além de Vitor Buaiz (na foto, ao lado da vice-reitora Ethel Maciel), que à época era deputado constituinte, participaram da solenidade os ex-parlamentares Lézio Sathler, Nelson Aguiar e Vasco Alves. Já Hélio Manhães (in memoriam) e Pedro Ceolin, que não pode comparecer por motivo de saúde, foram representados pelo neto Renan Manhães Ceolin.

A Assembleia Nacional Constituinte, realizada entre os anos de 1987 e 1988, foi responsável por estabelecer uma nova Constituição democrática para o Brasil após 21 anos de ditadura militar.

“Esta constituição que os senhores deixaram como legado para a sociedade brasileira é um garantidor, não só da democracia, mas de um conjunto de conquistas que foram promovidas dentro da nossa sociedade. Nós devemos muito ao trabalho desenvolvido pelos senhores. Esta é a Constituição que temos que seguir, respeitar e entender como um norte positivo para o país”, afirmou o reitor Reinaldo Centoducatte, ao lado de um exemplar da Constituição Brasileira.

“Nós sonhamos muitos sonhos em torno deste livro, porque nós trabalhamos na ditadura antes disso. Todos nós tivemos uma participação específica nele e todos nós votamos em todos os artigos, discursamos sobre todos os assuntos e nos posicionamos sobre todos os temas. Nós queríamos fazer parte disso e sabíamos porque queríamos fazer parte”, relembrou Nelson Aguiar.

A solenidade em homenagem aos 30 anos da Assembleia Nacional Constituinte de 1988 e em defesa da democracia integrou um movimento nacional liderado pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) em prol da democracia e do direito ao ensino público, gratuito e de qualidade. O evento também fez parte da programação do evento 21 Dias de Ativismo pelos Direitos Humanos, que está sendo realizado pela Ufes desde o dia 20 de novembro e vai até 10 de dezembro, em homenagem aos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Texto e foto: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Evento
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.