Sesa institui o Banco de Leite do Hucam de referência no Estado

Por Jorge Medina

O Banco de Leite Humano do Hospital Cassiano Antonio Moraes (Hucam) foi instituído, pela Secretaria  Estadual de Saúde (Sesa), como o Banco de Leite Humano de Referência (BLHR) no Estado. A partir de agora, o Banco de Leite do Hucam será  responsável pelo processo de funcionamento, coleta, transporte, processamento, distribuição, doações,  instalações, controle de qualidade e clínico dos bancos de leite de todo o Espírito Santo, em conjunto com os municípios.

Além disso, irá contribuir  no desenvolvimento de estratégias de educação permanente, na capacitação e atualização técnica dos profissionais e nas pesquisas operacionais. Todas as ações serão supervisionadas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), do Rio de Janeiro. A portaria  foi assinada pelo secretário Estadual da Saúde, José Tadeu Marino, e publicada no último dia 6 no Diário Oficial dos Poderes do Estado.

Hucam - Com 17 anos de existência, o Banco de Leite do Hucam funciona de 8 às 21 horas, de segunda a sexta-feira, e tem a finalidade de coletar, continuamente, o leite materno, realizando todo o processamento de armazenamento e distribuição. Cerca de 20 mulheres são atendidas por dia. A coordenadora técnica do Banco, mestre em Enfermagem e especialista em Aleitamento Materno e Banco de Leite Humano, Mônica Barros de Pontes, enfatiza que o reconhecimento pela  Sesa, que instituiu o Banco de Leite do Hucam como o Banco de Leite Humano de referência no Estado, só vem  reforçar o trabalho sério e de qualidade que o Banco de Leite do Hucam realiza para a sociedade.

Monica ressalta ainda a importância da doação do leite, pois ele possui um alto valor nutricional, garantindo aos bebês crescimento e desenvolvimento físico e intelectual saudáveis. “Não existe outro alimento capaz de substituí-lo com tão alta qualidade e de suprir a necessidade imunológica dos recém-nascidos. Outro aspecto muito importante é que a criança alimentada com o leite materno recebe um forte vínculo afetivo com a mãe,” explica a coordenadora.

Além disso, a mulher que alimenta o filho com leite materno perde rapidamente o peso que ganhou durante a gravidez e reduz o risco de doenças.  O Banco de Leite é fundamental para ajudar as mães, principalmente aquelas que têm os recém-nascidos com alto risco de vida, que são mais vulneráreis às infecções e doenças. Ele também tem o papel de ajudar as mães que têm pouco leite, infecção mamária, leite empedrado e rachaduras ou ferimentos nos seios.

As crianças que nascem prematuras ou impossibilitadas de ser amamentadas, que são abandonadas pela mãe biológica ou porque a mãe é portadora de alguma doença contagiosa também recebem toda a atenção do Banco de Leite. O setor ainda atua na educação e no esclarecimento sobre a importância do leite materno, realizando palestras, grupos de ensino e treinamento para estudantes da área da saúde, além de receber visitas técnicas de universidades e de várias instituições.

Doação. As interessadas em doar o leite materno devem telefonar para o Banco, e uma equipe do Hucam realiza a coleta na residência da voluntária. Na ocasião, é feita uma análise clínica do ambiente, das condições de higiene, além de fazer um exame de sangue para detectar se há algum tipo de doença. A equipe ainda orienta como retirar, conservar e armazenar o leite materno. Quando o material chega ao Hucam é realizada uma análise sensorial, verificando se foi devidamente armazenado e se não possui qualquer tipo de contaminação, evitando, assim, transmissão de doenças. O Banco orienta ainda no processo de amamentação, pois o aleitamento é um fator importante para as mães. Ele ajuda o útero a voltar ao tamanho normal depois do parto. Outras informações pelo telefone 3335-7377.

 

 

Categoria: 
Manchete
60 anos da Ufes
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Reestruturação e Expansão das Universidades Federais
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.