Seminário aborda formas de enfrentamento e superação de violência no trabalho

O Tribunal Regional do Trabalho do Espírito Santo (TRT-ES) promoveu nesta sexta-feira, 4, o seminário Violência no trabalho: enfrentamento e superação, no Centro de Ciências Extas (CCE), campus de Goiabeiras. A abertura foi realizada pela desembargadora e presidente do TRT-ES, Ana Paula Tauceda, e contou com a presença da vice-reitora da Ufes, Ethel Maciel, entre outras autoridades.

A desembargadora abordou o conceito de banalidade do mal, estudado pela filósofa política alemã Hannah Arendt no livro Eichmann em Jerusálem. Na obra, a escritora defende que, em resultado da massificação da sociedade, criou-se uma multidão incapaz de fazer julgamentos morais, que aceita e cumpre ordens sem questionar. A desembargadora também enfocou a falta de direitos das pessoas que já não têm direitos.

Já a vice reitora Ethel Maciel ressaltou a importância do evento no momento pelo qual o país está passando. “Precisamos chamar atenção sobre a violência que indivíduos ou grupos sofrem em seus ambientes de trabalho. Temos que superar essas privações e infrações sofridas por esses indivíduos. Por isso, precisamos unir instituições que se preocupam com os trabalhadores para enfrentarmos esses desafios que são fundamentais para os direitos dos cidadãos”, destacou.

O seminário contou com a presença do juiz auxiliar da presidência do TRT e gestor do Programa Trabalho Seguro, Luis Eduardo Lima; do superintendente Regional do Trabalho no Espírito Santo, Alcimar das Candeias; da auditora fiscal do trabalho Cláudia Bermudes; do presidente da Associação dos Magistrados do Trabalho do Espírito Santo, Luís Eduardo Fontenelle; da vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Espírito Santo, Anabela Galvão; da representante da Secretaria Estadual de Saúde Liliane Santana; do presidente da Associação Espírito-Santense dos Advogados Trabalhistas, Edimário Cunha; do presidente do Sindicato dos Advogados do Espírito Santo, Télvio Valim; da chefe da Defensoria Pública Federal de Vitória, Aline Pacheco; e do professor da Ufes Cláudio Jannotti.  

Durante todo o dia, o evento abordou os seguintes temas: O meio ambiente de trabalho e as responsabilidades do empregador; Discriminação, gênero, raça, assédio moral e orientação sexual; As atividades empresariais e a sociedade; e A sustentabilidade do ser humano no mundo do trabalho.

O evento foi realizado pelo TRT-ES e pelo Programa Nacional Trabalho Seguro, da Escola Judicial do TRT-ES, em parceria com a Ufes, o Governo do Estado do Espírito Santo, o Ministério da Economia, o Ministério Público do Trabalho, o Fundacentro, a Polícia Rodoviária Federal e a Associação dos Magistrados de Justiça do Trabalho. A Ordem dos Advogados do Brasil, seção Espírito Santo, também apoiou o evento.

Conceito

Entende-se por violência no trabalho qualquer ação, incidente ou comportamento tido como fora dos padrões aceitáveis como conduta normal em que o trabalhador, durante o seu trabalho ou como resultado direto dele, é assaltado, ameaçado, ferido ou injuriado.

Há dois tipos de violência no trabalho: interna, quando ocorre entre trabalhadores, incluindo gerentes e supervisores; e externa, quando ocorre entre trabalhadores, incluindo gerentes e supervisores, ou qualquer outra pessoa presente no local de trabalho. Essa violência pode ser tanto física como moral ou psicológica.

Texto e foto: Jorge Medina
Edição: Thereza Marinho

 

 

 

 

Categoria: 
Destaque
Evento
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.