Seminário discute relação entre atividade física e desenvolvimento humano

No dia 5 de março, segunda-feira, o Centro de Educação Física e Desportos (CEFED) da Ufes irá promover o Seminário “Movimento é vida! Esporte e Desenvolvimento Humano”. O evento será realizado das 14h às 17h15, no auditório do CEFED, e é aberto a toda a comunidade acadêmica e ao público externo. Não é necessário se inscrever previamente.

Entre os assuntos abordados pelos palestrantes, está a questão da dopagem em atividades físicas e esportivas e o debate sobre a transparência e democratização nas gestões esportivas. Já a palestra de encerramento irá explanar sobre o Relatório do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), que em 2017 relacionou esporte e desenvolvimento humano e colocou a necessidade de políticas públicas de esporte e lazer no Brasil. O tema será apresentado pelo diretor acadêmico do relatório brasileiro do PNUD 2017, professor da Universidade Regional do Noroeste do Rio Grande do Sul (Unijuí), Fernando Jaime González.  

PNUD

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), agência da ONU, tem no Brasil ações voltadas para o combate à pobreza e à exclusão social e para a modernização do Estado e fortalecimento de suas instituições. Em 2017, o relatório do PNUD para o país enfatizou o valor da prática de atividades físicas e esportivas para o desenvolvimento humano, relacionando-a à manutenção da saúde, à sociabilidade, à aprendizagem, à produtividade e à qualidade de vida como um todo.

Segundo o diretor do Centro de Educação Física e Desportos da Ufes, professor Otávio Tavares, as nações Unidas, nesse relatório de 2017, reconheceram a atividade física como um elemento importante para o desenvolvimento humano, esclarecendo que sua prática está relacionada a variáveis socioeconômicas. “As discussões atuais no país sobre a prática de atividades físicas e sua necessidade para uma vida saudável colocam a responsabilidade somente sobre o indivíduo. Entretanto, são necessárias políticas públicas para que as atividades físicas e esportivas sejam acessíveis a uma maior parcela da população”, analisa Tavares.

O texto completo do Relatório PNUD 2017 pode ser acessado em http://movimentoevida.org/

 

Texto: Nábila Corrêa
Foto: ONU-BR
Edição: Thereza Marinho

 

Categoria: 
Destaque
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.