Fapes lança Programa de Bolsas de Iniciação Científica Júnior

Projetos científicos desenvolvidos por Instituições de Ensino Superior com a participação de alunos de escolas públicas capixabas dos ensinos fundamental e médio poderão receber apoio financeiro do Programa de Bolsas de Iniciação Científica Júnior – Programa Pesquisador do Futuro, desenvolvido pelo Governo do Espírito Santo.

A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) lançou na segunda-feira (15) o edital de apoio a projetos de iniciação científica júnior. A prioridade do edital é apoiar projetos que serão desenvolvidos em escolas em áreas de vulnerabilidade social, definidas pelo Governo.

Esta é uma parceria entre a Fapes, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Fundo Municipal de Ciência e Tecnologia do Município da Serra (Facitec).

A finalidade do edital é selecionar projetos de Iniciação Científica Júnior (ICJ) em todas as áreas do conhecimento, que busquem despertar vocações científicas e tecnológicas e incentivar talentos potenciais. Os recursos financeiros previstos para o presente edital são de R$ 13.146.400,00.

Objetivos

O programa pretende transformar a visão e a expectativa de futuro do jovem estudante capixaba, reduzir a evasão escolar e melhorar o desempenho dos alunos participantes do programa, promovendo a popularização das ciências e, consequentemente, aumentando o número de estudantes provenientes do ensino público no ensino superior.

Segundo o diretor-presidente da Fapes, Anilton Salles Garcia, o programa se reveste da maior relevância pelo fato de estar preparando as novas gerações de cidadãos capixabas. “A integração das escolas da rede pública com os pesquisadores das IES localizadas no Espírito Santo contribui enormemente para o desenvolvimento regional sustentável. Permite também o acesso às ações de pesquisa, desenvolvimento e inovação em todos os municípios do estado, além de se constituir em uma grande ferramenta de inclusão social, uma vez que fornece novas perspectivas para os jovens estudantes pertencentes a famílias de baixa renda já a partir do ensino fundamental”, declarou.

Ainda segundo Anilton, o programa também gera oportunidades para desenvolvimento intelectual dos alunos em todas as áreas do conhecimento, respeitando-se os valores culturais e as demandas regionais. “Estamos certos de que como perspectiva de longo prazo esse programa pode se constituir num grande indutor do desenvolvimento local e contribuir fortemente para a melhoria da vida das pessoas”, conclui.

O período para submissão das propostas da primeira chamada é até 30 de março de 2015 e a data prevista para divulgação do resultado da seleção é 20 de abril do próximo ano.

Exemplo

Um exemplo de projeto científico feito com alunos dos ensinos fundamental e médio é o “Desenvolvimento e construção de protótipos de fontes de energia renováveis”, coordenado pelo professor da Ufes Breno Rodrigues Segatto. Segundo ele, é importante o incentivo à ciência e inovação antes mesmo do ingresso no ensino superior.

“Eles foram extremamente independentes, mostrando grande profissionalismo. Isso mostra que basta bons projetos e incentivo para eles mostrarem o seu verdadeiro potencial. Os alunos que participam do projeto em sua grande maioria buscam fazer um curso superior e acredito que eles ficam mais confiantes. Eles percebem que a academia é algo real, e antes tudo ficava no imaginário.” Segatto ainda destaca que alunos que passaram pelo projeto foram aprovados nos vestibulares da Ufes e USP.

“A bolsa oferecida pela Fapes foi de suma importância para suprir as despesas dos alunos durante o desenvolvimento do projeto, e é válido também ressaltar que o incentivo financeiro para compra dos materiais de pesquisa foi fundamental para visualização e divulgação dos estudos teóricos e práticos”, conclui o professor.

Além da parceria com o CNPq, que concede parte das bolsas ICJ, a Fapes estabeleceu a parceria com o Facitec, que investirá no pagamento de bolsa ao tutor a projetos desenvolvidos em escolas do município.

Mais informações estão disponíveis no link http://www.fapes.es.gov.br/download/Edital_FAPES_N_14_2014_PESQUISADOR_D...

 

Categoria: 
Destaque
Edital
60 anos da Ufes
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Reestruturação e Expansão das Universidades Federais
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.