Base oceanográfica de Aracruz recebe visita de Capitão-de-Mar-e-Guerra da Capitania dos Portos

Visita à base oceanográfica de Aracruz

Por Ana Paula Vieira

A base oceanográfica da Ufes no município de Aracruz recebeu nesta quarta-feira (27) a visita do capitão-de-Mar-e-Guerra da Capitania dos Portos do Espírito Santo, Marco Antonio Ismael Trovão de Oliveira.  

O oficial foi recebido pelo reitor Reinaldo Centoducatte, pela vice-reitora Maria Aparecida Barreto, pelo ouvidor Ricardo Behr e pelo diretor do Centro de Ciências Humanas e Naturais (CCHN) Renato Rodrigues Neto, além de professores e alunos da unidade. A gerente de Recursos Naturais do Instituto Estadual de Meio Ambiente (Iema), Daniela Niciole, também participou do encontro, juntamente com sua equipe.

O chefe do Departamento de Oceanografia Gilberto Fonseca Barroso apresentou o curso e falou sobre as principais pesquisas atualmente desenvolvidas pelos professores e alunos. Temas como derramamento de óleo, impactos socioeconômicos nas comunidades costeiras e mapeamento da costa do Espírito Santo são alguns dos assuntos explorados pelos pesquisadores.

Após a explanação, os visitantes conheceram as instalações da Base. O capitão Marco Antonio falou sobre a importância da pesquisa e a necessidade de aproximação entre a Marinha e a academia: “Fico feliz ao ver os estudos de vanguarda desenvolvidos aqui. Acredito na importância de abrir mais o ambiente da Marinha para as pesquisas, só temos a ganhar com isso”, afirmou.

O reitor da Ufes agradeceu a visita e reafirmou a importância de estreitar os laços entre as instituições. “Temos pessoas dedicadas à pesquisa e estamos à disposição de vocês no que pudermos ajudar. A Universidade está aberta”, ressaltou Centoducatte.

Os gestores discutiram ainda algumas ideias iniciais de parcerias entre a Marinha e a Ufes. A capacitação de pessoal de ambas as instituições e a possibilidade de alunos da Ufes embarcarem em navios da Marinha para realizarem pesquisas e adquirirem experiência no mar são alguns exemplos de cooperação que podem ser estabelecidas.

Oceanografia

O curso de Oceanografia da Ufes foi criado em 2000 e o Programa de Pós-Graduação, com mestrado e doutorado, iniciou as atividades em 2007. A Base Oceanográfica, em Coqueiral, no município de Aracruz, abriga onze laboratórios e recebe alunos e professores diariamente.

O Espírito Santo possui mais superfície marinha que terrestre, portanto o mar capixaba apresenta um laboratório oceanográfico, contento corais, praias, baías, estuários e mar profundo com características únicas, além de uma cadeia submarina, a de Vitória-Trindade.

60 anos da Ufes
Acesso à informação
Transparência Pública
Dados abertos
Reestruturação e Expansão das Universidades Federais
Prestação de contas

Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras | Vitória - ES - CEP 29075-910 | © Universidade Federal do Espírito Santo 2013. Todos os direitos reservados.